sexta-feira, 17 de agosto de 2018

SELO UNICEF 2018 – NUCA DE GUAMARÉ PROMOVE ENCONTRO DE INTERAÇÃO E DISCUSSÃO COM OS ADOLESCENTES


A Prefeitura Municipal de Guamaré, através da Articulação Municipal do Selo Unicef e a Mobilização de jovens realizou na noite desta quinta-feira (16) no Clube Municipal Vicente de Brito, o Encontro de Fortalecimento do NUCA.

O encontro teve por objetivo garantir a participação do adolescente guamareense no Núcleo de Cidadania dos Adolescentes – NUCA e fortalecer a sua metodologia de atuação. Estiveram presentes  adolescentes entre 12 a 17 anos, representantes de instituições  governamentais e da sociedade Civil, entre elas: Escola Municipal Benvida Nunes Teixeira, Escolas Estaduais Nádia Maria Câmara e Monsenhor Joaquim Honório, Unidade Básica de Saúde – UBS 1, Núcleo de Atendimento de saúde a Família – NASF, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, Unidade de Acolhimento, Programa Gol de Letra, Proart, Igreja Evangélica Boas Novas, Igreja Adventista e Pastoral da Criança. Com essas representações foi possível assegurar no encontro a diversidade religiosa, cultural, social, racial, territorial, de gênero, e de condição pessoal.

O evento foi mediado pela Gerente da Proteção Social do SUAS a assistente social Neide Pereira, que iniciou com acolhida aos presentes, agradecendo a participação da equipe do Programa Acolher que abrilhantou o encontro com sua apresentação musical.

Presente no evento a secretária Municipal de Assistência Social e Articuladora Municipal do Selo UNICEF Marisa Rodrigues enfatizou a importância do Encontro do NUCA para as atividades do Selo Unicef, que nessa edição os adolescentes terão uma ampla participação política e social no debate e proposições e engajamento das ações da cidadania. Agradeceu e parabenizou a expressiva presença dos adolescentes.

A Secretária Marisa, apresentou também um resumo dos passos das ações do selo, desde a adesão em 2017 até a certificação que ocorrerá em 2020. Marisa encerrou sua fala reforçando que “estamos rumo ao bi certificação, e para isso, é imprescindível o envolvimento dos jovens   do NUCA para alcançarmos os resultados esperados nessa edição”.

Aconteceu também a dinâmica de interação com foco teatral pela orientadora de teatro do Programa Acolher, Gabriela Maia.

Teve também a participação da psicóloga Nádia Raphaela do CRAS de Baixa do Meio, que abordou as expressões de participação social no contexto político dos adolescentes.

Em seguida, foi a vez do Mobilizador de Jovens, Jean Almeida apresentar a metodologia de atuação do NUCA, as ações realizadas pelo núcleo na edição passada e as atividades que serão desenvolvidas na atual edição. Jean pontuou que “O NUCA tem 08 desafios a cumprir nesses 03 anos da edição e para alcançar seus resultados, precisa-se do engajamento de adolescentes propositores de mudanças de impacto social.

Após a exposição do mobilizador Jean, os jovens presentes, iniciaram o debate sobre os seus ideais para o município de Guamaré,  encaminhando propostas de Construção do Museu Municipal, Ginásio de esportes com outras modalidades esportivas (além das que já existem na cidade), Atividades voltadas para o esporte inclusivo, Construção de um teatro e uma audiência pública para discutir acerca da cultura e seus espaços de manifestações.

Marcado como o momento principal do encontro, foi a hora das instituições presentes indicarem 02 adolescentes (um menino e uma menina) para ingressarem ao Núcleo de Cidadania. Cerca de 20 adolescentes abraçaram a ideia e juntaram-se aos outros 30 adolescentes que já compõe o NUCA. Esse momento foi de muita descontração e interação, onde os adolescentes veteranos do núcleo, receberam com muita alegria os novos componentes dessa ação de validação obrigatória do Selo Unicef.
Ao ouvirmos o adolescente Deivison Félix sobre seu ingresso ao NUCA, ele disse: “Espero que nesse Núcleo eu possa aprender muito mais sobre o nosso papel como ser humano e com esse aprendizado, possamos nos conscientizar desse nosso papel”.



A adolescente do NUCA Lorena Maciel expressou também a sua alegria: “Participar do NUCA para mim é sensacional e estou muito feliz com os novos adolescentes que estão chegando, sei que juntos vamos aprender muito.
O mobilizador Jean Carlos acrescentou: “Essa noite, foi um momento muito importante para o NUCA de Guamaré, esses adolescentes aqui, terão seu espaço, terão vez e voz. O nosso NUCA   garante a participação de várias representações religiosas, culturais, raciais, o nosso núcleo é diferenciado pela sua miscigenação, concluiu o Mobilizador do NUCA.
No encerramento, foi distribuída uma lembrança do encontro para todos os adolescentes presentes nessa noite memorável de garantia de espaço e escuta na política da infância e adolescência.













































Nenhum comentário: