quinta-feira, 11 de agosto de 2016

BOMBA: PT VAI PARA A CAMPANHA COLIGADO COM PSD E PDT EM GUAMARÉ.

É fato público que houve um racha no Partido dos Trabalhadores (PT) em Guamaré. Mas é fato público também que no Partido dos Trabalhadores ninguém toma decisões sozinho… Tudo é discutido, Tudo é votado!

Para concorrer às eleições deste ano o PT fez várias reuniões com seus filiados e com outros partidos para saber qual o caminho seguiria, e dessas reuniões saiu à decisão de se coligar na majoritária com o PSD que tem o empresário Helder como candidato a prefeito, com o PT indicando o vice e também na proporcional junto com o PDT. A reunião que juntou os três partidos, o PT, PSD e PDT, para disputar as eleições foi amplamente divulgada pela a imprensa local, que citou a união dos partidos como a terceira via para eleições de 2016.

No dia 04 de agosto foi realizada na Câmara Municipal de vereadores a convenção que homologou a chapa majoritária com Helder do PSD como candidato a prefeito e Grazi indicada pelo o PT como vice, como também a chapa proporcional formada pelo o PT/PSD/PDT.

Acontece que um dia depois de realizada a convenção, uma parte dos filiados, comandado pelo o presidente do partido, Alcimar Pereira, numa manobra, realizou outra convenção decidindo se coligar com SDD/PV, “rasgando” praticamente a Ata da convenção do dia anterior.

A questão é que a manobra feita pelo presidente do partido em Guamaré, Alcimar Pereira de Oliveira, foi contra a uma resolução do Diretório Estadual, que veta coligação com o partido do SDD, liderado hoje em Guamaré pelo o ex-prefeito Mozaniel de Melo.

Pois bem…

Após o registro das duas atas, sendo que a ata da coligação com PSD/PDT/PT foi registrada na sexta-feira, dia (05), e a outra ata na segunda, dia (08), criou-se uma confusão que foi parar na executiva estadual do partido. Depois de avaliar o caso, o diretório estadual emitiu um documento oficial validando a primeira convenção e não reconhecendo a segunda, ou seja, o PT está de fato e devidamente assegurado pelo diretório estadual com PDT e PSD.

Os representantes da coligação já deram entrada no TRE mantendo, portanto a primeira convenção diante do recurso. A manobra maldosa feita pelo o presidente do PT Alcimar Pereira de Oliveira, foi derrotada pela executiva estadual do PT e lhe causou mais uma derrota política.

Nessa linha, o PT estadual tem preservado a coerência e transparência nas suas decisões, tendo como histórico derrotar manobras antidemocráticas como essa. No seu recurso, Alcimar afirmou que não houve participação dos filiados para validar a convenção.

Os editais feitos pelo próprio presidente Alcimar, convocando os filiados e a cobertura feita por este portal na convenção do PSD/PDT e PT, realizada na Câmara Municipal de Vereadores, mostra que os filiados e os pré-candidatos do PT estavam presentes na convenção, provando que Alcimar mentiu ao afirmar que os filiados não compareceram.


Após a decisão do Diretório Estadual, o PT de Guamaré vai para as eleições com uma nova formação que tem Mario Junior como presidente e Severino como vice.



Nenhum comentário: