segunda-feira, 15 de agosto de 2016

CULTURA: POR GONZAGA FILHO O SOL QUE CAIU DO SEU PRIMEIRO LIVRO ESCRITO EM 1999.

A partir de hoje, irei postar todos os meus poemas aqui nos grupos que tenho dedicado a poesia e a arte. Começarei com o meu primeiro livro, escrito em 1999, O SOL QUE CAIU.
NOTA DO AUTOR

Aqui estou tentando explicar a razão e o porquê de escrever este livro, que para mim significa uma realização pessoal.
Sei que não sou nenhum escritor de renome nacional, nem tenho a pretensão de escrever algo digno de fazer sucesso nos meios literários, mas sei que sou um escritor. Medíocre ou não, sei que estou registrando algo próprio, gerado pelos meus sentimentos e pelo meu cotidiano.
Escrever um livro é um sonho que acalento desde o meu tempo de criança e hoje estou realizando este sonho.
Portanto, aqui estou prefaciando o meu próprio livro, livro esse que não sei se irá agradar ou não aos leitores mais exigentes, mas tenho a certeza de satisfazer o meu próprio ego.
Neste livro quero falar de temas como o amor, falar de vida, saudades, recordações, problemas sociais e políticos e para uma higiene mental, escrevi alguns poemas matutos, para que assim possamos sorrir e esquecer os problemas e as tristezas dos temas anteriores.
Espero que valha a pena o meu esforço e que eu possa chegar com as minhas mensagens de amor até o coração das pessoas que gostam de algo feito com o carinho existente dentro de um ser humano sonhador, que levou parte da vida em devaneios, mas com a consciência de que estes devaneios, um dia se tornariam um sonho real.

Gonzaga Filho

Nenhum comentário: