quinta-feira, 11 de agosto de 2016

FAKE QUE PRATICOU CRIMES EM MACAU É DESMASCARADO.

Investigação comprova que coordenador da juventude da campanha de José Antônio Menezes-DEM a prefeito de Macau é o “fake” que cometia crimes na internet contra adversários de seu candidato.
A informação cai como uma bomba no cenário político da terra das salinas. A prática criminosa da utilização de perfil falso para caluniar familiares e partidários do jornalista Túlio Lemos-PSB, partia justamente do alto escalão da campanha do candidato José Antônio Menezes: O coordenador da juventude da campanha de Zé Antônio, o cantor Serginho Lisboa, era o responsável pela utilização do perfil falso José Gaxeiro, que caluniou, difamou e injuriou muita gente, sob o anonimato da fraude virtual.

A investigação conseguiu provas de que Serginho Lisboa e José Gaxeiro eram a mesma pessoa, que utilizavam o IP 187.61.110.252, do provedor Cinte Net. Outro fato que comprova o crime é que ambos utilizavam o mesmo aparelho de celular, Iphone.

Com a descoberta, Serginho Lisboa terá que responder a várias ações criminais na Justiça. Afinal, utilizando o “Fake”, ele cometeu crimes de injúria, calúnia, difamação e assédio contra muita gente e as ações serão individualizadas.

Outro “Fake” utilizado por Serginho Lisboa era “Toinho do Maruim”, cujo IP foi detectado no computador de Matheus Maia. Questionado a respeito do fato, “Theu” Maia negou a prática criminosa e afirmou que Serginho Lisboa tinha a senha do Wi-Fi dele, levando a crer que o mesmo havia utilizado o acesso para cometer o crime virtual.


O caso agora sai da esfera policial e vai para a Justiça.  Resta saber se o candidato Zé Antônio Menezes vai compactuar e manter o criminoso na coordenação de sua campanha. Fonte: Robinson Pires.

Nenhum comentário: